• fabiomarquesjornal

Laser íntimo recupera qualidade da vida sexual feminina

Atualizado: Ago 30

Tratamento pode ser usado para reverter ressecamento vaginal e outros problemas que impactam negativamente as relações e a autoestima da mulher


A pandemia tem impactado a relação de casais, reforçando a importância do sexo para a qualidade de vida de homens e mulheres. Além de fatores emocionais, manifestações físicas como o ressecamento vaginal, dentre outras, causam a redução na atividade sexual feminina. Para esses casos, a ginecologista Ana Flávia Cavalcante, médica da Singulari Medical Team, ressalta que o laser íntimo se mostra como uma tecnologia inovadora e não invasiva capaz de reverter esses e outros efeitos.


Como ela explica, ressecamento pode ser consequência de fatores simples variados como o hábito de lavar dentro do canal vaginal, candidíase de repetição, diminuição da libido por problemas conjugais ou pessoais, estresse e pelo uso de alguns medicamentos. Ele também pode ser causado pela diminuição na produção de estrogênio, hormônio feminino responsável pelo vigor do tecido vaginal. Ainda assim, a causa mais frequente ainda é a menopausa.


Estudos do Harvard Medical School estimam que pelo menos 50% das mulheres no período pós-menopausa experimentam o quadro de ressecamento. Apesar disso, a ginecologista aponta que o laser pode trazer uma solução simples para o problema. “É possível retomar atividades normalmente após o procedimento. Os efeitos colaterais são mínimos e temporários como desconforto local e edema leve”, esclarece.


Para receber o release completo, clique aqui e fale com a gente pelo WhatsApp!

6 visualizações0 comentário