• Fábio Marques

Hipertensão atinge 30% da população e causa de infarto a disfunção erétil

Além de doenças graves, problema também diminui significativamente a qualidade de vida e pode afetar adultos jovens


Cerca de 30% dos brasileiros são hipertensos, conforme estima a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Isso significa que uma parcela considerável da população está sujeita a riscos elevados que vão desde a insuficiência cardíaca, infarto e acidente vascular cerebral (AVC) até a doença renal crônica e inclusive a disfunção erétil. “Qualquer doença cardiovascular tem muita relação com o mecanismo da ereção, podendo sim causar impotência”, esclarece o médico urologista Frederico Xavier.


Para a cardiologista Juliana Coragem, esse cenário é agravado pela falta de sintomas claros em boa parte dos casos. “A hipertensão é uma condição frequentemente assintomática. O grande perigo dela é que esses pacientes que permanecem com essa elevação sustentada da pressão costumam evoluir com uma alteração estrutural e funcional em diversos órgãos como coração, cérebro, rins e o sistema vascular”, explica a médica.


(Clique aqui para receber o release completo pelo WhatsApp!)

4 visualizações0 comentário