• Karolina Vieira

A cada hora, cinco brasileiros são diagnosticados com câncer de intestino

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Coloproctologia, a cada hora, cinco brasileiros são diagnosticados com câncer de intestino grosso e duas pessoas morrem em decorrência da doença que é o segundo tipo de tumor mais frequente no Brasil e terceiro em número de mortes. Um estudo estadunidense publicado no periódico JNCI Cancer Spectrum mostrou que fatores não genéticos estão associados a um aumento de câncer colorretal em pessoas com menos 50 anos. O maior consumo de carne vermelha, baixa consumo de fibras e uso excessivo de álcool são alguns.


Para a médica oncologista Danielle Laperche, é importante saber que nosso organismo, e em especial o intestino, é vulnerável ao que ingerimos, o que torna a atenção com a alimentação um fator crucial de prevenção. “Um estudo recente aponta inclusive que em pacientes de câncer colorretal já tratados, a ingestão de nozes teve um fator protetor muito grande para evitar recidivas e a formação de novos pólipos. A via digestiva é a parte de nosso organismo que está diretamente exposta ao que comemos. Quanto mais as pessoas conhecerem sobre a doença, mais vão buscar tratamento em casos iniciais”, ressalta a oncologista.


Sintomas do câncer de intestino

● perda de peso;

● anemia sem causa aparente;

● alteração do hábito intestinal;

● sangramento nas fezes;

● massas abdominais.


Para receber o release completo, clique aqui e fale com a gente pelo WhatsApp!

11 visualizações0 comentário